Simples Agenda Blog para pequenas empresas

Qual a importância do fluxo de caixa para sua empresa?

FINANCEIRO

Redator Simples Agenda
9 min leitura 06/01/2022

Ao montar um negócio, o empresário deve desenvolver o Fluxo de Caixa, isto é, o gerenciamento dos gastos e recebimentos da empresa.

O controle é fundamental para que se possa acompanhar quanto dinheiro a empresa possui, qual é o ganho mensal, quais medidas devem ser tomadas para tornar o empreendimento mais rentável e como cortar custos para manter o negócio girando.

Na prática, o Fluxo de Caixa garante uma previsão segura dos recebimentos e pagamentos, dando mais tranquilidade para o gestor planejar os próximos passos do negócio.

Mas, afinal, qual a importância do Fluxo de Caixa em curto e longo prazo? É possível ter um fluxo simples e sem planilhas complexas? Quando é a hora de mudar os planos financeiros, baseados somente nesse documento? 

Continue a leitura e confira as respostas para essas e outras questões.

Qual a importância do Fluxo do Caixa para seu negócio?

O Fluxo de Caixa compreende todas as movimentações de entrada e saída de uma empresa, dentro de um período específico. 

Aqui no blog já falamos sobre os 4 principais tipos de Fluxo Caixa, entre eles o caixa operacional que foca no acompanhamento diário das entradas e saídas, e o caixa de investimentos, que determina o valor para investir na empresa.

Mas, resumidamente, o Fluxo de Caixa funciona como cérebro do negócio, revelando a realidade das contas e do dinheiro disposto. Inclusive, muitas empresas quebram por não darem a devida atenção a essa prática financeira.

Isso porque, mesmo que as vendas em um determinado período gerem um grande montante, nem sempre isso representa que a empresa teve lucro.

Para garantir a saúde financeira da empresa, o empreendedor deve considerar as despesas e se certificar de que terá dinheiro suficiente para pagar as contas e fazer investimentos, quando necessário.

Portanto, é fundamental que o Fluxo de Caixa faça parte de sua empresa desde o início, independente do tamanho dela. 

Portanto, MEI, microempreendedores e pequenos negócios, necessitam de um fluxo de caixa bem-feito, assim como as grandes corporações. 

A seguir, veja como fazer isso e garantir a saúde e continuidade do negócio.

O Fluxo de Caixa pode mudar os rumos da sua empresa?

Com toda certeza! O ditado que diz "o que quebra um negócio é o caixa dele" é tão verdadeiro quanto o real. 

Sem caixa, nenhuma empresa segue em frente, por isso é fundamental ter um fluxo de caixa condizente com o momento do negócio para saber como administrar o empreendimento da melhor forma.

Além disso, um fluxo de caixa que não tenha um demonstrativo muito animador e com boas previsões, não significa ser o fim do negócio.

Na verdade, é uma visão realista e a oportunidade de que é preciso e possível mudar os rumos do negócio. Para isso, o empreendedor deve criar estratégias novas para ele tomar um novo fôlego e recomeçar.

É possível fazer um Fluxo de Caixa simples?

Sim. Quanto menor a empresa, mais simples será o controle do seu fluxo de caixa.

Mas, no geral, para simplificar o controle das entradas e saídas, você deve:

  • Anotar TODOS seus gastos e ganhos;

  • Cadastrar todos os clientes que possui;

  • Registrar os dias de vencimento de boletos e recebimentos;

  •  E, principalmente, investir em um sistema de fluxo de caixa automatizado.

Por meio do sistema de fluxo de caixa, você poderá gerenciar o seu caixa em poucos minutos. As informações são facilmente interpretadas e os dados de "compra e venda" são atualizados automaticamente dentro do sistema.

Além disso, o software de fluxo de caixa reduz consideravelmente os riscos de erros no controle financeiro, além de agilizar boa parte do processo.

Até porque, se você não é da área contábil, com certeza terá certa dificuldade em construir seu Fluxo de Caixa sem a ajuda de um sistema e no formato ideal para seu estilo de negócio. 

Invista em conhecimento e faça curso de Fluxo de Caixa para otimizar seu negócio

Os pequenos empreendedores podem encontrar muitas barreiras quando o assunto é fluxo de caixa.

Até porque não é nada incomum encontrar microempreendedores que cuidam do próprio negócio completamente sozinho e que lidam com uma série de desafios na hora gerir a empresa e, ao mesmo tempo, ser produtivo em sua atividade.

De fato, o assunto é complexo e para entender o que é Fluxo de Caixa, seu conceito e objetivo, o que são Demonstrações Financeiras, Capital de Giro e mais alguns temas essenciais que permeiam esse assunto, é fundamental estudar.

Por isso, uma boa dica é realizar um curso de Fluxo de Caixa

O estudo é fundamental para que você comece a entender melhor como administrar as contas da sua empresa e coloque em prática o seu conhecimento, transformando o seu negócio em um empreendimento mais ágil e rentável.

E se você gostou de conhecer a importância do Fluxo de Caixa para seu negócio, não deixe de seguir as dicas deste conteúdo. Com conhecimento sobre assunto e com um sistema de fluxo de caixa, você terá total controle sobre as suas finanças!

-------------

Este conteúdo foi escrito por uma empresa parceira do Simples Agenda.