Simples Agenda Blog para pequenas empresas

Como empreender na faculdade? Veja dicas para começar do zero

EMPREENDEDORISMO

Redator Simples Agenda
12 min leitura 02/06/2022

Cursar uma graduação não é tarefa fácil! Além de termos que conviver com diversas matérias, prazos e provas, ainda precisamos lidar com um grande inimigo dos universitários: a falta de dinheiro.

É complicado conseguir um emprego formal quando se está estudando, ainda mais se for no período diurno. Buscando alternativas para isso, o estudante deve pensar em como empreender na faculdade, para conseguir retorno financeiro e profissional.

Nesse texto iremos mostrar qual a melhor forma de empreender, dando dicas para que você consiga sucesso tanto no trabalho quanto nos estudos. Vamos lá?

O que é empreendedorismo?

O empreendedorismo pode ser conhecido como formas de criar um negócio ou aperfeiçoar um já existente, maximizando seus resultados. Uma das bases é a capacidade de inovar, de trazer novas ideias para o mercado.

O empreendedor é aquele que consegue identificar os problemas e transformá-los em oportunidades, construindo soluções viáveis e eficientes. Essa enorme capacidade de adaptação e inventividade é aplicada nos negócios, gerando oportunidades e riquezas.

Por que empreender na faculdade?

De início, certamente sua ideia de empreendimento está ligada ao retorno financeiro. E você não está errado de maneira nenhuma, porém, é possível ganhar muito mais.

O empreendimento enriquece a vida das pessoas, seja com dinheiro, contatos, conhecimentos, experiências, etc. Por isso, destacamos agora 4 motivos que te mostrarão o quão vantajoso é empreender na faculdade:

  1. Ver as disciplinas na prática

Assistir às aulas é uma ótima forma de aprender, mas, às vezes, as matérias parecem abstratas demais. 

Empreender pode ser uma ótima forma de ver o conhecimento sendo aplicado na prática, valendo ainda mais a pena unir o negócio à área do curso.

  1. Se preparar para o mercado

Apesar de ter uma formação extremamente rica, muitos graduados possuem dificuldades no trabalho pela falta de experiências. 

É interessante que o estudante tenha contato com o mercado antes de se formar, para já aprender a lidar com os novos desafios que surgirão.

  1. Sair na frente após a formatura

Além de se preparar para o mercado, é importante lembrar de outro fato: o desemprego pode ser um problema para todos. Quem empreende desvia desse problema, se mantendo em movimento e criando novas oportunidades.

  1. Garantir uma renda

A falta de dinheiro é sempre um problema, sendo ainda mais chato durante a faculdade. Afinal, além de ajudar nos estudos, o dinheiro também oferece opções de lazer para o estudante. Empreender na faculdade é ótimo para garantir uma renda enquanto cursa uma graduação.

8 dicas de como empreender na faculdade

Por fim, bora focar na parte prática de como empreender na faculdade? Você verá agora algumas dicas de ações fundamentais ou válidas para ter um negócio viável:

  1. Não largue os estudos

Ao começar a empreender, muitos optam por flexibilizar os estudos, ou até mesmo por abandonar o curso. Apesar do tempo ficar mais puxado e do retorno financeiro ser uma boa motivação para focar no trabalho, o ideal é equilibrar as duas coisas.

Primeiramente, você deve lembrar que a faculdade abre diversas portas e que o conhecimento é um grande propulsor para seu negócio. Além disso, possuir uma graduação é um ótimo diferencial para quem quer se manter em destaque no mercado.

  1. Planeje o negócio

De nada vale uma boa ideia se ela não for colocada em prática! Afinal, além de ter uma visão, é fundamental materializar as formas dela ir para frente.

Uma dica é colocar cada detalhe no papel, mesmo que de forma incompleta, para que depois o projeto vá ganhando forma. 

Faça pesquisa de mercado e procure na internet ferramentas de modelagem de negócios, que certamente irão ajudar a montar a estrutura do seu.

Também é importante já começar a pensar na gestão do seu negócio, estudando sobre gestão empresarial e buscando softwares que podem te ajudar.

  1. Pesquise os casos de sucesso

É sempre bom contar com exemplos de pessoas que obtiveram êxito com seus empreendimentos, uma vez que isso nos deixa motivados. Ao observar os casos de sucesso, conseguimos melhor perceber se nossa ideia é viável ou não.

Outro ponto positivo, aqui, é a oportunidade de reproduzir os acertos e fugir dos erros. Observar a jornada de quem se deu bem na carreira é uma das melhores formas de empreender.

  1. Estabeleça um bom networking

No mundo dos negócios, os contatos são tudo. E, estando na faculdade, nada melhor do que aproveitar os anos de graduação para conhecer pessoas que acrescentam em sua vida profissional.

Montar um networking com professores e empreendedores é excelente para quem pretende se manter relevante no trabalho. Você também deve manter contato com outros alunos, podendo inclusive encontrar futuros parceiros entre eles.

  1. Participe de uma empresa júnior

A empresa júnior é uma entidade sem fins lucrativos, criada e administrada pelos próprios estudantes. Seu objetivo é impulsionar os projetos desenvolvidos diretamente pelos alunos.

Essa é uma boa ideia de como começar um empreendedorismo, ainda mais por já estar dentro da faculdade e ter o apoio desta.

  1. Fortaleça seu currículo para além da faculdade 

Apesar de ser difícil responder qual a melhor forma de empreender, ter uma formação potente é sempre uma boa ideia. Além do que é visto dentro da sala de aula, diversos cursos de curta duração podem lhe trazer novas expertises.

Quanto mais especializado na área você for, maiores serão as chances de sucesso. Aprender um pouco sobre gestão, marketing e tecnologia também é interessante, independente de qual for sua atuação.

  1. Organize seu tempo

Nós já conversamos sobre e iremos repetir: estudar e trabalhar não é fácil. Para ter sucesso em ambas as áreas, é fundamental se organizar para que seu tempo seja otimizado.

Não dá para tentar fazer tudo, por mais que as ideias e intenções sejam ótimas. Empreender na faculdade se é possível se você se preparar e entender como seu cotidiano pode ser modificado.

  1. Procure apoio na faculdade

A faculdade não é um espaço apenas para assistir a aulas, muito longe disso. Sabendo pesquisar e aproveitar as oportunidades, os anos de graduação podem ser enriquecedores!

Vale a pena pesquisar sobre as formas que a faculdade pode te ajudar sobre como começar um empreendimento. Você poderá ter ajuda com contatos, uso da infraestrutura e, talvez, até com parcerias financeiras.

O empreendimento só dá certo se você se manter bem nas aulas. Para te ajudar nisso, te apresento o Responde Aí, uma plataforma que simplifica as principais matérias de exatas, com uma didática bem suave! 

Gostou do conteúdo?! Leia também: Tendências de negócios para 2022 para você se inspirar!