Simples Agenda Blog para pequenas empresas

5 erros mais comuns na gestão financeira empresarial

FINANCEIRO

Gabriela Vitória Redatora Freelancer
12 min leitura 11/09/2020

Não há dúvida de que o crescimento do seu negócio depende do quão bom você é capaz de gerenciar e controlar os aspectos financeiros dele, não é? No entanto, alguns empreendedores cometem alguns erros na gestão financeira empresarial que poderiam ser evitados.

Com isso acabam condenando suas empresas ao fracasso. Para evitar que você cometa esses erros no gerenciamento financeiro do seu negócio vamos apresentar alguns deles. Ainda dar dicas de como evitá-los ou corrigi-los. Confira agora mesmo!

Quais são os erros comuns na gestão financeira empresarial?

Veja os principais erros cometidos pelas empresas na área financeira:

1. Não projetar o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é a parte vital das operações de uma empresa, pois não projetar ou deixar de monitorar corretamente traz sérios problemas para qualquer negócio. Como, por exemplo, não ter dinheiro o suficiente para honrar com os pagamentos de colaboradores e fornecedores. 

Ou não ter saldo positivo para enfrentar crises e, talvez, nem chances de poder realizar empréstimos bancários para investir em novas oportunidades para o seu negócio. Por isso, prepare-se para um fluxo de caixa adequado e controle melhor as suas finanças.

Solução: Para fazer seu fluxo de caixa monte uma planilha ou utilize um software com as seguintes informações: saldo inicial, receitas e despesas detalhadas, contas a pagar e a receber. Assim, você saberá o quanto tem no momento e também conseguir estimar lucros ou prejuízos dentro de meses.

2. Não ter controle de estoque 

Outro fator que interfere diretamente na saúde financeira de qualquer negócio é o controle de estoque. Sem ele, é impossível identificar problemas, como estoque em excesso, perdas por avarias e falhas nos processos de entradas e saídas de notas fiscais.

Além de perdas por causa de produtos vencidos ou estoques negativos. Como resultado, a empresa tem um alto custo operacional, desperdício de dinheiro e um impacto negativo na relação com o consumidor. Pois a falta de produtos pode gerar uma frustração no cliente.

Solução: Ao fazer o controle de estoque crie uma lista de mercadorias padronizada e uma rotina de controle. Lembre-se de registrar todas as entradas e saídas e defina um estoque mínimo e máximo para evitar escassez ou excesso. Para evitar falhas, use um sistema de gestão.

3. Não saber calcular o preço ideal de venda

Precificar seus produtos ou serviços erroneamente pode gerar graves problemas financeiros para o seu empreendimento. Acredite ou não, esse é um dos erros mais comuns cometidos principalmente por pequenas e médias empresas já que, às vezes, ele não é tão perceptível.

Dessa forma, os empreendedores não sabem se os preços de seus produtos ou serviços estão gerando lucro ou prejuízo para o negócio. Então, aprenda a calcular o preço ideal de venda de cada produto/ serviço comercializado e reveja seu preço de venda.

Solução: Para calcular corretamente o preço de venda anote todos os custos e acrescente a margem de lucro esperada. Mas não exagere na margem de lucro. Também inclua o valor agregado que o produto/ serviço tem e veja quanto os concorrentes cobram.

4. Não registrar todas as operações realizadas

Informações financeiras incompletas ou desatualizadas impedem que você possa tomar decisões financeiras estratégicas. Pois é a partir do registro detalhado que é possível saber de onde vem e para onde o dinheiro do seu negócio. A partir disso, definir os gastos desnecessários.

Para, então, fazer cortes ou substituição de gastos. Bem como compreender melhor quais são os clientes mais rentáveis e os melhores pagadores e, assim, investir em programas de fidelidade para gerar receita recorrente para o seu negócio. Portanto, registre todas as operações realizadas.

Solução: Nossa dica para registrar todas as operações é contar com um sistema financeiro que permita inserir informações sobre as entradas e saídas do seu negócio detalhadamente. Para não se esquecer de atualizar as informações, separe um tempo do seu dia para isso.

5. Não controlar os prazos de vencimento

Mais um dos erros de gestão financeiro é não controlar os prazos de vencimento, seja de fornecedores, empréstimos bancários ou folha de pagamento. Isso pode causar falta de credibilidade no mercado para negociar os preços de mercadorias e taxas de juros.

Ainda comprometer a atração e retenção de talentos na empresa. Sem contar que atrasar pagamentos gera multas e taxas, que impactam negativamente nas finanças além do previsto. Por isso, controle regularmente os prazos de vencimentos dos seus custos e despesas.

Solução: Conheça todos os seus pagamentos e agende avisos de pagamentos por meio de calendários online. Uma boa prática é conciliar os vencimentos das contas com o prazo médio de entradas de dinheiro para evitar rupturas no fluxo de caixa do seu negócio.

Como um software de controle financeiro pode ajudá-lo a evitar esses erros?

Para fazer um controle eficiente e evitar os erros mais comuns na gestão financeira empresarial, utilize um bom sistema de gestão, como o Simples Agenda. Com ele você pode registrar todas as entradas e saídas financeiras para fazer seu controle de fluxo de caixa.

Também cadastrar todos os produtos e serviços e atualizar os números automaticamente por meio da importação de notas fiscais enviadas pelo fornecedor no sistema. Alguns modelos de software ainda emitem relatórios para tomar melhores decisões.

Ele ainda conta com a funcionalidade formador de preços que ajuda o empreendedor a definir o preço de venda ideal para cada produto ou serviço que oferece. Outra vantagem de um software de controle financeiro online, é poder registrar todas as operações realizadas de onde estiver.

Por exemplo, o Simples Agenda é um software 100% online que permite administrar seu negócio remotamente. Para não perder os prazos de vencimento de suas obrigações com fornecedores, bancos e colaboradores, use um sistema de gestão para avisá-lo sobre as datas de pagamento. 

Agora que você já sabe quais são os erros mais comuns na gestão financeira das empresas e maneiras de evitá-los, pode corrigir ou prevenir quaisquer erros antes que eles prejudiquem seu negócio, não é? Contar com um sistema de gestão financeiro torna tudo mais fácil e prático.

Para não errar na sua escolha descubra neste artigo como escolher um software de controle financeiro